quarta-feira, 20 de janeiro de 2010

Poesia de boteco


Aos pés de seus 72 anos, o renomado sambista Bezerra da Silva nos brindou com uma célebre frase:



"Enquanto eu tiver lingua e dedo, mulher nenhuma me mete medo"



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário